Já foi assunto.

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Vida de universitária: O outro lado da moeda.











O ano começa e aquela insegurança de conhecer pessoas novas toma conta de você, depois você percebe que esse medo foi extremamente bobo e que todos ali agem como adultos. ERRADO, sabe aquelas birras que adolescentes têm? De um querer ser melhor que o outro, de fofoquinhas, grupos e brigas. Pois é meu amigo, na faculdade tem tudo isso, em menor quantidade é claro, pois as pessoas estão mais focadas em outras coisas, como nas provas que estão chegando ou até mesmo na própria vida.
Você entra na faculdade e acha que tudo é igual à escola ERRADO novamente! A sua ficha realmente vai cair quando tiver a primeira semana de provas. Você vai correr atrás de nota, vai tentar entender a matéria e é nesse exato momento que você percebe que tudo o que o professor falou em sala de aula, que mais parecia um dialogo era a matéria da prova mais importante do bimestre.
Você vai começar a ler livros que não te interessam e você pensa “isso tudo é besteira, vou ler só o resumo” ERRADO, pode ter certeza que o professor vai te perguntar o nome do amigo do primo do personagem principal, eai lembrou?! Não, você não lembrou e tirou 1,5 na sua prova, que valia 2,0 e você pensa: “O que é meio ponto?” Meio ponto te salva de uma DP e te deixa sempre mais tranqüilo e você pode dormi sem sonhar com o boletim correndo cheio se sangue atrás de você.
Suas noites nunca serão mais as mesmas e você vai começar a dormi abraçada com livros e até mesmo como notebook (eu fiz isso), você tem que ser uma filha exemplar e tirar boa nota, tem que ser uma amiga dedicada e sempre estar pronta para ouvir a outra, tem que ser uma namorada excelente, sempre estar sorrindo...mesmo que por dentro esteja exausta, irritada, com sono e pronta para mandar todos para a PQP.
Os trabalhos....a os trabalhos. Esses sempre serão a discórdia do grupo (experiência própria), sempre vai ter uma que vai mandar em tudo e para não ter briga você aceita numa boa, mas isso começa a virar rotina e quando você percebe todo aquele grupo está se estapeando, gritando, brigando e por mais que doa perde um colega que você tanto gosta, se afaste! Faça seus trabalhos sozinho e com alguém que percebeu todas as coisas que você. Pois em alguma coisa vocês concordam.
Você pensa “EU NÃO SEI COLAR” ERRADO novamente, na hora você aprende cada técnica que vai te ajudar e muito. Tem pessoas que falam quem cola não aprende nada. Em minha opinião já aprende e muita coisa, pois na hora de preparar a cola você vai estudar para montar a milagrosa e na hora do aperto você vai lembrar-se daquele resumo que você fez para a cola. Te ajudou e muito em um meio ponto.
Não pense que é um bicho de sete cabeças, todo esse esforço um dia vai valer à pena, as noites em claro, as brigas, os choros (e quantos choros), os finais de semana perdidos, o pouquíssimo tempo com o namorado, amigo e familiares. Posso reclamar e tudo mais, mas eu to adorando isso tudo e cada dia que passa quero calar a boca de muita gente.

Bjins, JennyRabelo

Nenhum comentário:

Postar um comentário