Já foi assunto.

sábado, 10 de março de 2012

Na minha estante: Livros para ler e reler.

Primeiramente gostaria de mencionar o quão importante é uma leitura em nosso cotidiano. Ok! Eu sei que muitas pessoas dizem que ao ler sentem muito sono ou preguiça. Mas, isto acontece provavelmente porque você não se interessa por este tipo de leitura. Tente outros temas. E hoje estou aqui justamente para isto... Vim indicar 3 livros ou séries que se encontram na minha humilde estante:

·         Série Hush, Hush (Sussurro, Crescendo, Silêncio e Finale – título divulgado recentemente).
  •  Com uma coisa nós não podemos discordar: As capas são todas muito lindas e criativas. E os títulos de cada livro coincidem com a história. O que até chega a facilitar a leitura (só lendo a série para entender). Devo mencionar que muitas outras pessoas mencionam esta série como péssima, mas no meu ponto de vista ela é uma das melhores já criadas. Primeiro, que pelo modo como a autora (Becca Fitzpatrick) desenvolve este tipo de história faz com que você fique submetido a não parar de ler suas histórias com romance, ficção, aventura e uma pequena dose de comédia. Com a série revi conceitos amorosos que não vemos no dia-a-dia – o que me agrada muito. Não é uma história melada de amor. O quesito romance está na medida certa, entendi que há dias ruins mas que para os bons aconteçam. Minha série preferida até este instante. Criada do modo certo, no momento certo, com os personagens certos e com a história corretíssima. Becca acertou em cheio com este “tema”.
·         Um dia – David Nicholls (Há filme desta história com Anne Hatheaway).
  • A capa deste livro também diz tudo sobre a história e o título muito mais. A história é verdadeira é comovente. O autor descreve tudo de uma maneira tão exata que faz com que você se sinta presente aos protagonistas. Um romance nada melado e que está na medida certa. O amor aqui nesta história nos mostra que pode mudar as pessoas e que também podemos amar aquele que menos esperamos. David faz embarcações certas a cada início de capítulo. A história é emocionante e engraçada, cada coisa no seu devido momento.
·         Querido John – Nicholas Sparks (Autor dos melhores Best-sellers).
  •  Nunca vou negar que meu autor que encabeça o primeiro lugar de preferidos é o Nicholas, ninguém lida com relacionamentos tão bem quanto ele. As histórias são verdadeiras e quando as mesmas são cinematográficas ficam perfeitamente bem com os atores corretos para cada personagem. No meu ponto de vista até este momento sua melhor história é a deste livro. Coincidindo com a maior barreira para casais neste momento: À distância... Não encontro palavras adequadas para utilizar neste meu primeiro post sobre este livro. Só que, Nicholas faz com que sentimentos e histórias inesquecíveis surjam de momentos inimagináveis, com pequenas atitudes, poucos momentos, gestos ou risos. Ele destaca muito bem a conquista do homem pela mulher X e faz com que a história toda gire em um Mundo só deles... Em Querido John, entendi que nem tudo que temos é o que precisamos. E que às vezes nem tudo o que tem fim acabe.


Agradeço a Jenny pela oportunidade e, sempre que me der vontade volto para mais um post! Beijos.
Eu que agradeço :)


Créditos: @J_eeS

Nenhum comentário:

Postar um comentário